Histórico
 07/12/2014 a 13/12/2014
 15/06/2014 a 21/06/2014
 16/03/2014 a 22/03/2014
 22/12/2013 a 28/12/2013
 20/05/2012 a 26/05/2012
 25/03/2012 a 31/03/2012
 18/12/2011 a 24/12/2011
 10/07/2011 a 16/07/2011
 19/06/2011 a 25/06/2011
 03/04/2011 a 09/04/2011
 26/12/2010 a 01/01/2011
 28/03/2010 a 03/04/2010
 17/01/2010 a 23/01/2010
 20/12/2009 a 26/12/2009
 13/12/2009 a 19/12/2009
 06/12/2009 a 12/12/2009
 14/12/2008 a 20/12/2008
 25/05/2008 a 31/05/2008
 23/12/2007 a 29/12/2007
 04/11/2007 a 10/11/2007
 15/07/2007 a 21/07/2007
 24/06/2007 a 30/06/2007
 03/06/2007 a 09/06/2007
 13/05/2007 a 19/05/2007
 15/04/2007 a 21/04/2007
 11/03/2007 a 17/03/2007
 25/02/2007 a 03/03/2007
 31/12/2006 a 06/01/2007
 17/12/2006 a 23/12/2006
 12/11/2006 a 18/11/2006
 05/11/2006 a 11/11/2006
 08/10/2006 a 14/10/2006
 26/03/2006 a 01/04/2006
 19/03/2006 a 25/03/2006
 05/03/2006 a 11/03/2006
 18/12/2005 a 24/12/2005
 20/11/2005 a 26/11/2005
 06/11/2005 a 12/11/2005
 30/10/2005 a 05/11/2005
 09/10/2005 a 15/10/2005
 02/10/2005 a 08/10/2005
 25/09/2005 a 01/10/2005
 18/09/2005 a 24/09/2005
 11/09/2005 a 17/09/2005
 04/09/2005 a 10/09/2005
 28/08/2005 a 03/09/2005
 21/08/2005 a 27/08/2005
 14/08/2005 a 20/08/2005


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis


Camerino Eloy Neto
 

 

 

 

A profecia


 

 

Fiz meu primeiro mapa astral nos jardins do Centro de Artes e Comunicação da UFPE com Bruno, um estudante de psicologia,  e lembro que fiquei revoltadíssimo com o resultado. Os astros mandavam me dizer que o “sucesso” viria com a maioridade, depois dos 40. “Mas como? Aí terei perdido os meus melhores anos”, esbravejei. “Mas quem disse que serão os seus melhores anos?”, respondeu Bruno, serenamente.

Taurino com ascendente em Áries (e olha que  nem imaginava – ainda bem – o que isso poderia significar), segui na busca desesperada, diria até truculenta, pela “realização plena” que, para mim, era assunto a ser resolvido o mais rapidamente.  Foi assim que passei a “juventude”.  Querendo apressar o tempo, alcançar o porvir. Acreditando que o amanhã é  quem traz “essa tal felicidade”.

Em 2011 ganhei “novos olhos”. E não é que comecei a ver o mundo de forma diferente?  Junto com a miopia física, acho que comecei a corrigir umas outras disfunções que atingiam a visão da alma. Certamente esse ano marca um tempo de entendimento. Sim, pois um touro com ascendente em áries não se contenta em simplesmente aceitar uma mudança, precisa problematizá-la e entendê-la.

Agora começo a “entender” a tradução da expressão:  viver um dia a cada dia. Essa foi a grande virada, o grande milagre.  Viver um dia a cada dia é ter a possibilidade de usufruir de cada momento, profundamente.  Cada conquista, cada realização, cada riso ... Também têm as frustrações, os estresses, as lágrimas. Mas – eureca!!!! – esses maus momentos fazem parte só de um dia.  Serão fantasmas que só irão nos atormentar, no máximo, por algumas horas menos iluminadas. Já a luz, vinda da compreensão e do entendimento, ultrapassa as fronteiras do tempo.

Por isso que passado os 40 - muito melhor que aos 20, 30 - agradeço ao universo por ter sempre me mandado as mensagens que precisava, mesmo sabendo que nem sempre (diria que a maioria das vezes) eu tinha o repertório apropriado para decifrá-las.  A dádiva de cultivar a gratidão – que faz mais bem a nós do que ao  ser que a desperta   em nós – é o que eu desejo para todo mundo.

Tenho certeza que em 2012 as mensagens serão entendidas com maior facilidade...

Maktub, “a carta” tem o endereço certo.

Muito obrigado!!! 

 

 



Escrito por Camerino às 11h50
[] [envie esta mensagem]




[ ver mensagens anteriores ]